Almeida Advogados

São Paulo Rio de Janeiro Brasília Belo Horizonte

Um setor que desempenha cada vez mais importante destaque para a economia.

Possuímos larga experiência e atuação permanente nos segmentos industriais em todos os níveis do direito prestando uma assessoria jurídica diferenciada em direito corporativo.

Industrial

Em 2008, a indústria brasileira fechou o terceiro trimestre, com crescimento de 7,1% frente a igual período no ano passado, sendo esta a maior expansão do setor desde o segundo trimestre de 2004, quando em igual comparação, havia registrado elevação de 12,1%.

Tal resultado foi alcançado principalmente pelo crescimento das atividades relacionadas ao setor da construção civil, bem como pelo desempenho da indústria extrativa mineral, que inclui as produções de petróleo e minério de ferro.

Nos últimos 12 meses, as atividades da construção civil registraram aumento de 9,2%, enquanto a indústria extrativa mineral registra alta de 5,6%, e nos últimos 12 meses, acumula alta de 4,3%.

Já a indústria de transformação teve desempenho 5,9% superior ao que fora constatado de julho a setembro do ano passado, impulsionada pelo desempenho dos segmentos de máquinas e equipamentos, indústria farmacêutica e metalurgia.

Em relação a 2009 os analistas procuram avaliar quais setores estão mais preparados e quais são os mais vulneráveis para enfrentar a desaceleração mundial e avaliam que os primeiro trimestre do ano será fundamental para análise do futuro da indústria, diante de um cenário que ainda é de incerteza sobre os reflexos da crise financeira global na atividade econômica brasileira.

De acordo com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial o desempenho da economia brasileira dependerá cada vez mais do papel das políticas econômicas domésticas destacando que os países em desenvolvimento, em especial as grandes economias, poderão fomentar o mercado doméstico como fator de estímulo do seu crescimento.

Os ministérios da Ciência e Tecnologia e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, atentos a esta realidade estabeleceram, por meio da Portaria Interministerial nº 32, publicada em 21.01.09, as prioridades da Política Industrial e Tecnológica Nacional para promover e incentivar o desenvolvimento de produtos e processos inovadores em empresas nacionais e nas entidades nacionais de direito privado sem fins lucrativos voltadas para atividades de pesquisa, mediante a concessão de recursos financeiros, humanos, materiais ou de infra-estrutura destinados a apoiar atividades de pesquisa e desenvolvimento.

O Almeida Advogados possui larga experiência e atuação permanente nos segmentos industriais em todos os níveis do direito, desde a estruturação do negócio do ponto de vista contratual, fiscal, tributário e trabalhista, até questões que envolvam transferência de tecnologia, registro de marcas e licenciamento, com contínuos esforços contra a pirataria e concorrência desleal, prestando uma assessoria jurídica diferenciada em direito corporativo.